Dezembro 2019 • Kardec News • Superioridade da natureza de Jesus

Leitura Mensal

KARDECPEDIA | A gênese os milagres e as predições segundo o Espiritismo > Os milagres > Capítulo XV – Os milagres do Evangelho > Superioridade da natureza de Jesus

KARDEC News de Dezembro 2019

No KARDEC News de Dezembro de 2019 > Superioridade da natureza de Jesus, para esta Edição Especial de final de ano, mantendo o compromisso de divulgar especialmente textos da Revista Espírita, trazemos para você, um texto de divulgação inédita, na qual Allan Kardec trata sobre os milagres do Espiritismo: Superioridade da natureza de Jesus. Sempre emocionante reler os textos do mestre lionês em seu bom senso e inteligência. Desejamos um feliz Natal e um próspero ano novo. 

Clique na imagem abaixo para baixar o KARDEC News destes mês.

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus

Superioridade da natureza de Jesus

1. Os fatos que o Evangelho relata e que foram até hoje considerados milagrosos pertencem, na sua maioria, à ordem dos fenômenos psíquicos, isto é, dos que têm como causa primária as faculdades e os atributos da alma. Confrontando-os com os que ficaram descritos e explicados no capítulo precedente, reconhecer-se-á sem dificuldade que há entre eles identidade de causa e de efeito. A História registra outros análogos, em todos os tempos e no seio de todos os povos, pela razão de que, desde que há almas encarnadas e desencarnadas, os mesmos efeitos forçosamente se produziram. Pode-se, é certo, contestar, no que concerne a este ponto, a veracidade da História; mas, hoje, eles se produzem às nossas vistas e, por assim dizer, à vontade e por indivíduos que nada têm de excepcionais. O só fato da reprodução de um fenômeno, em condições idênticas, basta para provar que ele é possível e se acha submetido a uma lei, não sendo, portanto, miraculoso. O princípio dos fenômenos psíquicos repousa, como já vimos, nas propriedades do fluido perispiritual, que constitui o agente magnético; nas manifestações da vida espiritual durante a vida corpórea e depois da morte; e, finalmente, no estado constitutivo dos Espíritos e no papel que eles desempenham como força ativa da Natureza. Conhecidos estes elementos e comprovados os seus efeitos, tem-se, como conseqüência, de admitir a possibilidade de certos fatos que eram rejeitados enquanto se lhes atribuía uma origem sobrenatural.

2. Sem nada prejulgar quanto à natureza do Cristo, natureza cujo exame não entra no quadro desta obra, considerando-o apenas um Espírito superior, não podemos deixar de reconhecê-lo um dos de ordem mais elevada e colocado, por suas virtudes, muitíssimo acima da humanidade terrestre.

Pelos imensos resultados que produziu, a sua encarnação neste mundo forçosamente há de ter sido uma dessas missões que a Divindade somente a seus mensageiros diretos confia, para cumprimento de seus desígnios. Mesmo sem supor que ele fosse o próprio Deus, mas unicamente um enviado de Deus para transmitir sua palavra aos homens, seria mais do que um profeta, porquanto seria um Messias divino.

Como homem, tinha a organização dos seres carnais; porém, como Espírito puro, desprendido da matéria, havia de viver mais da vida espiritual, do que da vida corporal, de cujas fraquezas não era passível. A sua superioridade com relação aos homens não derivava das qualidades particulares do seu corpo, mas das do seu Espírito, que dominava de modo absoluto a matéria e da do seu perispírito, tirado da parte mais quintessenciada dos fluidos terrestres (cap. XIV, nº 9). Sua alma, provavelmente, não se achava presa ao corpo, senão pelos laços estritamente indispensáveis.

Constantemente desprendida, ela decerto lhe dava dupla vista, não só permanente, como de excepcional penetração e superior de muito à que de ordinário possuem os homens comuns. O mesmo havia de dar-se, nele, com relação a todos os fenômenos que dependem dos fluidos perispirituais ou psíquicos. A qualidade desses fluidos lhe conferia imensa forca magnética, secundada pelo incessante desejo de fazer o bem. Agiria como médium nas curas que operava? Poder- -se-á considerá-lo poderoso médium curador?

Não, porquanto o médium é um intermediário, um instrumento de que se servem os Espíritos desencarnados e o Cristo não precisava de assistência, pois que era ele quem assistia os outros. Agia por si mesmo, em virtude do seu poder pessoal, como o podem fazer, em certos casos, os encarnados, na medida de suas forças. Que Espírito, ao demais, ousaria insuflar-lhe seus próprios pensamentos e encarregá-lo de os transmitir? Se algum influxo estranho recebia, esse só de Deus lhe poderia vir. Segundo definição dada por um Espírito, ele era médium de Deus.


Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus

Já conhece o KARDECPlay?

Veja abaixo algumas das últimas videoaulas lançadas no mês de dezembro de 2019 no KARDEC Play:

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus
Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus
Dezembro 2019 – Influência do Espiritismo
Dezembro 2019 – Progresso da Legislação Humana
Dezembro 2019 - civilização
Dezembro 2019 – Povos Degenerados

Uma plataforma de vídeos sobre KARDEC

O KARDEC Play é uma plataforma de vídeos com explicações sobre as obras de KARDEC, Espiritismo e Filosofia. Participe deste projeto conosco para divulgar Kardec para o Brasil e para o mundo. Assine a plataforma de videoaulas e estude as obras de Kardec 24 horas por dia, quando quiser!

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus

Canal de vídeos que te ajuda a estudar mais e melhor os textos de Kardec!

Novidades na Loja KARDECBooks

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus
Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus
Na compra de 10 DVDs: FRETE GRÁTIS para todo o Brasil. (Oferta disponível enquanto durarem os estoques)

Para estudos comparativos da obra “A Gênese”

No Kardec.Blog deste último semestre, além de imagens, novidades, outras edições do KARDEC News, textos temáticos sobre as obras de Allan Kardec, em especial, inserimos alguns objetos de aprendizagem de modo a ajudar os estudiosos do Espiritismo no estudo da obra ”A gênese os milagres e as predições segundo o Espiritismo”.

Para estudos comparativos da obra “A Gênese”, em especial com a 5ª Edição, indicamos primeiramente o estudo, com profundidade, de toda a obra de Allan Kardec. E então, o estudo, de forma comparativa, item a item, entre as 4a e 5a Edições. É claro que sabemos não tratar-se de uma tarefa fácil e nem tão pouca rápida, pois estudar tamanha base de obras e de relacionamentos, demanda muito tempo. Portanto, como forma de facilitar essas tarefas, o IDEAK disponibilizou materiais, com distribuição gratuita, visando auxiliá-los em seus estudos comparativos.

Seguem os estudos e os links onde você consegue localizar esses objetos:

1. Artigo 1 de Silvio Chibeni: O desenvolvimento dos textos de Allan Kardec sobre o caráter da revelação espírita, por Silvio S. Chibeni.

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus

2. Artigo 2 de Silvio Chibeni: Identificação e comentários sobre os trechos do capítulo 1 de “La Genèse, les Miracles et les Prédictions selon le Spiritisme” que sofreram alterações substanciais da quarta para a quinta edição.

Dezembro 2019 • KARDEC News • Superioridade da natureza de Jesus

3. Vídeo de Cosme Massi e Márcio da Cruz, comentando a polêmica da Obra como um todo, seu contexto histórico e de conteúdo, as mudanças, as melhorias, as consequências, a Amélie, a SPEE, os benefícios da dúvida, a cautela: “A POLÊMICA sobre a obra “A GÊNESE com Cosme Massi”.

E acreditamos que seja assim, estudando, comparando, aprofundando, sem dogmas e pré-julgamentos, é que vamos formando nossa base crítica para melhores tomadas de decisões, para o mais eficaz progresso intelectual e moral. Afinal, o mais importante, é aprender sempre, colaborar, crescer e promover a verdade e o máximo de bem para todos!

Esperamos que os textos lhes ajudem em suas reflexões!

Com carinho, Equipe IDEAK.


Todos os nossos produtos são criados para estudiosos da Filosofia Espírita e baseiam-se nas obras e pensamento de Allan Kardec. Todos os valores arrecadados são destinados ao Instituto IDEAK (Instituto de Divulgação Espírita Allan Kardec). 

Este é um projeto: IDEAK | KARDECPEDIA | KARDECPlay | KARDECBooks