É possível ter paixões e virtudes simultaneamente?

Resposta de Cosme Massi* na live “A verdadeira propriedade para o Espiritismo“. Palestra do Centro Espírita Caminheiros do Bem de Auriflama–SP — RAETV — Rede Amigo Espírita TV

Transcrição de Rui Gomes Carneiro.


Claro que é possível ter paixões e virtudes simultaneamente! porque você não conquista todas as virtudes de uma vez só. A aquisição de virtudes é um processo gradual em que a pessoa vai se esforçando para vencer más inclinações até que possa de fato se tornar um indivíduo plenamente virtuoso.

Então pode-se cultivar simultaneamente paixões e virtudes, inclusive as paixões que são chamadas de más, aquelas que ainda têm a marca do descontrole (ciúme, inveja, egoísmo, orgulho etc.).

Claro que esse processo de abandonar todas as paixões ruins e de só possuir virtudes é um processo que demora um tempo, é a passagem do Espírito do estado de Espírito imperfeito para o estado de Espírito bom.

A palavra paixão, usada em um sentido mais amplo, envolve as chamadas boas paixões, que constituem o uso equilibrado dessas emoções. Nesse sentido amplo, os Espíritos bons, que já conquistaram as virtudes, ainda cultivam essas boas paixões. São necessárias, uma vez que, mesmo em mundos ditosos, ainda passam por reencarnações em corpos físicos.

Mas mesmo com as paixões más, nós, Espíritos imperfeitos, vamos conquistando as virtudes, passo a passo, convivendo com as nossas imperfeições, ainda tendo alguns descontroles em nossas paixões.

À medida em que vamos dominando todas essas paixões desequilibradas, nós vamos atingindo esse estado pleno de ser um Espírito completamente virtuoso, que domina e não é mais dominado por suas paixões.

Então é um processo paulatino, em que se vai conquistando passo a passo um degrau a mais, até que se torne completamente senhor do seu mundo interior, dominando completamente suas paixões, só desejando o bem, se tornando um Espírito bom, um Espírito virtuoso.

Os Espíritos são muito claros nas considerações a respeito das paixões:


O Livro dos Espíritos > Parte terceira — Das leis morais > Capítulo XII — Da perfeição moral

908. Como se poderá determinar o limite onde as paixões deixam de ser boas para se tornarem más?

“As paixões são como um corcel, que só tem utilidade quando governado, e que se torna perigoso quando passa a governar. Uma paixão se torna perigosa a partir do momento em que deixais de poder governá-la, e que dá em resultado um prejuízo qualquer para vós mesmos ou para outrem.”

As paixões são alavancas que decuplicam as forças do homem e o auxiliam na execução dos desígnios da Providência. Mas se, em vez de as dirigir, deixa que elas o dirijam, cai o homem nos excessos e a própria força que, manejada pelas suas mãos, poderia produzir o bem, contra ele se volta e o esmaga.

Todas as paixões têm seu princípio num sentimento ou necessidade natural. O princípio das paixões não é, assim, um mal, pois que assenta numa das condições providenciais da nossa existência. A paixão propriamente dita é a exageração de uma necessidade ou de um sentimento. Está no excesso e não na causa, e este excesso se torna um mal quando tem como consequência um mal qualquer.

Toda paixão que aproxima o homem da natureza animal afasta-o da natureza espiritual.

Todo sentimento que eleva o homem acima da natureza animal denota predominância do espírito sobre a matéria e o aproxima da perfeição.


No KardecPlay você pode estudar este e outros temas com Cosme Massi!

*Observação. O texto acima foi retirado de uma exposição de viva voz. Como todo ensino oral, esta colocação pode não ser tão rigorosa com os sentidos das palavras, por efeito da proximidade entre as pessoas que conversam. É preciso, por isso, considerar que as definições dadas podem ser provisórias, e que alguns termos são usados em sentido figurado. Em todo caso, o fundo da mensagem não deixa equívocos.


Cosme Massi é Físico, Doutor e Mestre em Lógica e Filosofia da Ciência pela UNICAMP. Foi professor, pró-reitor e diretor de diversas universidades no Brasil. Ganhador do Prêmio Moinho Santista em Lógica Matemática. Escritor, palestrante e estudioso das obras e do pensamento de Allan Kardec há mais de 30 anos. Idealizador do IDEAK (Instituto de Divulgação Espírita Allan Kardec) e da KARDECPEDIA, plataforma grátis para estudos das obras de Allan Kardec. Reúne mais de duzentas aulas de Espiritismo na plataforma KARDECPlay.


E então, já conhece e estuda com o KARDECPlay?

 O KARDECPlay é o Netflix de Kardec. São centenas de vídeos para estudar Espiritismo, com o pensamento e a obra de Allan Kardec;

 Toda semana vídeos novos na plataforma;

Canal no YouTube com resumos gratuitos de 1 a 2 min de cada videoaula;

 Estude 24h/dia onde e quando quiser;

Todo o valor arrecadado é investido na divulgação da doutrina espírita para o Brasil e o mundo.

Agora você pode estudar as videoaulas via App direto no seu celular. Disponível para download em iOS na App Store e para Android no Google Play. Clique no link para baixar:

Baixe VIDEOAULAS com o aplicativo de estudos KARDECPlay.
Baixe VIDEOAULAS com o aplicativo de estudos KARDECPlay.

Participe de nossa missão de levar Kardec para todo o mundo!


Todos os nossos produtos são criados para estudiosos da Filosofia Espírita e baseiam-se nas obras e pensamento de Allan Kardec. Todos os valores arrecadados são destinados ao IDEAK (Instituto de Divulgação Espírita Allan Kardec).

Este é um projeto:  IDEAK |  KARDECPEDIA  |  KARDECPlay  |  KARDECBooks